Franquia é um bom negócio? Veja quais são os principais prós e contras para empreender!

Franquia é um bom negócio? Veja quais são os principais prós e contras para empreender!

Abrir uma franquia pode ser um bom negócio, mas não é para todos.

Publicidade




Por um lado, os franqueados precisam obedecer às regras da empresa e aos termos e acordos de licenciamento.

Portanto, se você preferir ser um empresário(a)  independente, abrir uma franquia pode não ser sua melhor aposta.

No entanto, se você decidir se candidatar a abrir uma franquia, existe uma série de obstáculos pelos quais você precisará passar para torná-la uma realidade. Confira este artigo até o final e saiba se a franquia é realmente um bom negócio para você!

Boa leitura!

Afinal, o que é franquia?

A franquia dá aos aspirantes a empresários a capacidade de comprar em uma empresa muito maior e se tornar proprietário de um ou mais locais de negócio.

Publicidade




Um franqueado pode ser uma pessoa ou um grupo de pessoas que decidem comprar uma franquia juntos.

Além disso, o franqueado concorda com os termos da empresa sobre como o negócio será administrado e, por sua vez, recebe o direito de operar sob o nome, logotipo e reputação dessa empresa. Eles também recebem materiais de marketing, um local, suprimentos e muito mais.

De modo geral, o processo de abertura de um local de franquia envolve aplicações, entrevistas, checagem de antecedentes e muito mais.

Embora isto possa parecer semelhante ao processo de obtenção de um emprego, a maior diferença é que os franqueados também precisam do dinheiro para respaldar seu negócio.

Por exemplo, o McDonald’s exige que os franqueados tenham pelo menos $500.000 em ativos líquidos e paguem uma taxa de franquia de $45.000 em algumas regiões do mundo.

Abaixo, discriminamos os prós e os contras da franquia para aqueles que estão investigando o processo de abrir uma franquia e decidir se é um bom negócio ou não.


Abrir uma franquia é um bom negócio? Prós e contras!

Prós – As franquias acompanham um plano de negócios pronto para uso

Se você quer iniciar um negócio, mas não gosta do processo de elaboração de um plano de negócios. Por exemplo, escolher o que vender, decorar a sua loja e todas as outras minúcias envolvidas na criação de uma loja independente, a compra de uma franquia pode ser uma boa opção para você.

Afinal, tornar-se um franqueado oferece muitos dos benefícios de iniciar um pequeno negócio sem algumas dores de cabeça iniciais.

Iniciar uma franquia pode facilitar a obtenção de financiamento

Alguns negócios franqueados têm seu próprio braço financeiro, o que significa que eles oferecem empréstimos para pessoas que querem comprar e abrir uma franquia, isso é um bom negócio. Agora, o financiamento interno da franquia pode não oferecer sempre as taxas de juros mais baixas, e é sempre uma boa ideia comparar as lojas.

Mas se você acha que pode ter dificuldades para conseguir um empréstimo tradicional de um banco, seguir a rota da franquia pode ser uma boa alternativa.

As franquias são menos arriscadas do que as empresas independentes

Se você compra uma franquia, você já sabe que o produto ou serviço oferecido é bem-sucedido.

Afinal, ele possui reconhecimento de marca.  Supondo que a franquia esteja em uma boa localização e a marca continue a atrair clientes, você deve ter um negócio bastante sólido em suas mãos.

Deste modo, se você quer ser proprietário de um pequeno negócio, mas não quer arriscar muito tempo e capital em um empreendimento que pode falhar, você pode ser atraído para uma franquia. É mais fácil obter conselhos sobre uma franquia.

Contras – As franquias podem vir com altos custos iniciais

Iniciar uma franquia pode envolver custos iniciais mais altos do que os que você incorreria se iniciasse uma pequena empresa independente.

Se você estiver tentando iniciar um pequeno negócio sem contrair um empréstimo pesado ou colocar muito de seu próprio capital em risco, tornar-se um franqueado pode não ser um bom negócio.

Portanto, antes de se comprometer com uma ou outra forma de negócio, vale a pena fazer uma comparação de custos.

Você tem menos flexibilidade com uma franquia

Quando você se torna um franqueado, você tem que seguir as regras do franqueador e cumprir os termos de seu contrato de licença.

Deste modo, você não pode alterar as coisas como os produtos, por exemplo, o visual da sua loja e os uniformes que o pessoal usa.

Com uma franquia, você tem menos possibilidades de inovação e de personalização do seu negócio.

As taxas da franquia podem realmente se somar

Os franqueadores não deixam você pegar o logotipo deles sem que custos sejam somados.

Você deve taxas ao negócio do qual você compra a franquia.  Uma parte dos lucros de cada mês deixará seus cofres e irá para o franqueador, de acordo com o seu contrato de licença.

Esses honorários podem se somar, razão pela qual é uma boa ideia alistar os serviços de um advogado para ajudá-lo a conseguir um bom negócio com a sua franquia.

Se você for avesso aos honorários, pode decidir renunciar totalmente a uma franquia. Com certeza, com todas essas dicas, deu para ter uma noção se ser um franqueado é um bom negócio ou não, não é mesmo?

Leia também – Conheça a franquia de artigos religiosos Santo Santo Santo

Você está aqui:

Utilizamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a navegar, você confirma que aceita estes termos.